Emancipação, Vol. 6, No 1 (2006)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

UMA ANÁLISE A RESPEITO DO PENSAMENTO CONSERVADOR

Roberto Stelmacki Junior

Resumo


O principal objetivo deste trabalho é realizar uma revisão teórica, bem como a citação de estudos de caso, a respeito do tema conservadorismo. Foram analisadas linhas de pensamento de diversos autores contemporâneos, bem como casos recentes de nossa história a fim de detectar maior ou menor grau de conservadorismo no discurso e na ação propriamente dita. Este trabalho apresenta diversas conceituações, dentre elas, o que vem a ser conservadorismo, tradicionalismo e progressismo na visão multidisciplinar de historiadores, sociólogos, filósofos e cientistas sociais. Também  enfatiza as principais características do comportamento e do discurso conservador. Esclarece que conservadorismo é a tendência a cristalizar a ordem vigente e/ou a intenção de controlar as mudanças sociais a fim de garantir a minimização de suas conseqüências negativas para o estamento dominante.

 

PALAVRAS-CHAVE: Conservadorismo, progressismo e tradicionalismo.


Texto Completo: Artigo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

Logotipo do IBICT