VESTÍGIOS DE CIVILIZAÇÃO: O INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO BRASILEIRO E A CONSTRUÇÃO DA ARQUEOLOGIA IMPERIAL (1838-1870)

Lucio Menezes Ferreira

Resumo


objetivo deste artigo é o de discutir a articulação da Arqueologia Imperial em um campo de saber e de poder. A partir desta articulação, levanto algumas questões sobre as relações entre a prática arqueológica e o projeto político Imperial no contexto de sua estabilização.

Palavras-chave


Arqueologia; Brasil Imperial; saber; poder;Archaeology; Imperial Brazil; Knowledge; power

Texto completo:

PDF


 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia