Gestão do Conhecimento na UEPG

  • Claudia Cristina Muller UEPG/NUTEAD
  • Eliane de Fátima Rauski UEPG/NUTEAD
  • Fernando Cunha Souza Filho UEPG
  • Rodrigo Pereira Leite UEPG

Resumo

A pesquisa teve por objetivo mapear as práticas de Gestão do Conhecimento nas Pró-Reitorias, Setores e Órgãos suplementaresda Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e verificar o grau de explicitação e formalização de GC na instituição. Após mapeamento das práticas de Gestão do Conhecimento, a ideia é pensar em estratégias e ações juntamente com o Núcleo de Tecnologia e Educação Aberta e a Distância - NUTEAD para a criação, identificação, registro, integração, recuperação, disseminação e aplicação do conhecimento na UEPG. Para o diagnóstico, foi utilizado o questionário baseado na obra “Modelo de Gestão do Conhecimento para a Administração Pública Brasileira: como implementar a gestão do conhecimento para produzir resultadosem benefício do cidadão-usuário e da sociedade”, de autoria de Fábio Ferreira Batista. A pesquisa se caracteriza como de nível exploratório, quanto ao método de pesquisa é quantitativa, com relação ao procedimento é um estudo de caso. Os resultados obtidos foram significativos e suficientes para recomendar à Universidade Estadual de Ponta Grossa a instituição de uma Política de Gestão do Conhecimento, oportunizando Programa de Capacitação, bem como inserção da temática de Gestão do Conhecimento no currículo acadêmico e nas linhas de pesquisa da UEPG, com foco na mudança de cultura para a disseminação e democratização do conhecimento produzido. Sugerem-se dois movimentos: (1) top-down, onde a alta direção estabelece diretrizes e as estratégias para instituir a Gestão do Conhecimento na Universidade; e (2) bottom-up, oportunizando capacitação na temática de Gestão doConhecimento em todos os Departamentos, visando qualificar o discurso e mudar a prática da comunidade acadêmica, com foco no trabalho colaborativo em rede e na mudança de cultura organizacional. Hoje, o maior desafio das organizações é a mudança de uma cultura dominante de que quem tem o “conhecimento detém o poder” para “quem compartilha o conhecimento tem o poder e potencialmente inteligência”. Desta forma, a UEPG, institucionalizando uma Política de Gestão do Conhecimento, poderá avançar em um novo modo de gerenciamento, focado na aprendizagem contínua, em estratégias da inovação e na geração e disseminação do conhecimento.
Publicado
2019-07-18
Como Citar
MullerC. C.; RauskiE. de F.; Souza FilhoF. C.; LeiteR. P. Gestão do Conhecimento na UEPG. Revista ADMPG, v. 9, n. 1, 18 jul. 2019.
Seção
Artigos