OS SENTIDOS DA MASCULINIDADE NAS RELAÇÕES DE GÊNERO E A VIOLÊNCIA AFETIVO-CONJUGAL (THE SENSES OF THE MANLINESS IN THE RELATIONSHIPS OF GENDER AND THE AFFECTIONATE-MATRIMONIAL VIOLENCE)

  • Sandra Maria Pinheiro de Freitas Coelho
  • Cássia Maria Carloto

Resumo

O presente estudo busca refletir sobre as relações violentas cronificadas no âmbito afetivo/ conjugal a partir da construção da masculinidade, no contexto das relações de gênero, tendo por referência falas de homens pertencentes às camadas populares. Para este artigo elegemos a fala de um sujeito, analisada a partir de dados colhidos em entrevista semi-estruturada. O estudo apontou que as práticas heterossexuais violentas constroem-se a partir de significados atribuídos à masculinidade e à feminilidade que apresentam ambigüidades, tais como, afetividade, carinho, sedução, poder, raiva, virilidade, irracionalidade, racionalidade, entre outros sentimentos.PALAVRAS-CHAVE: violência conjugal, gênero e masculinidade. ABSTRACT: The present study it searchs to reflect about violent relationships in cronical situation inside affective environment from the construction of the masculinity, inside gender relations, having for reference as speak of pertaining men to the popular layers. For this article we choose says it of a citizen, analyzed from data harvested in half-structuralized interview. The study it pointed that the practical violent heterosexuals construct themselves from meanings attributed to the masculinity and the femininity that present ambiguities, such as, affectivity, affection, seduction, power, anger, virility, irrationality, rationality, among others feelings.KEYWORDS: matrimonial violence, gender, manliness.
Seção
Artigos