DEZ NOTAS SOBRE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO - Doi: http://dx.doi.org/10.5212/OlharProfr.v.12i2.379388

  • Graziela Giusti Pachane UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Palavras-chave: Alfabetização, letramento, ensino de língua materna, universidade, educação superior

Resumo

O presente texto busca apresentar algumas reflexões sobre processos de alfabetização e letramento, que num país como o Brasil, com alto índice de analfabetismo, é muitas vezes realizado em programas emergenciais, quase sempre no âmbito da educação popular. Embora trate de temas centrais nessa discussão, como conceito de alfabetização, métodos de ensino, políticas educacionais, seu foco é a necessidade de maior aproximação entre os diferentes níveis educacionais, em especial a pós-graduação e o período de aquisição da língua escrita, ocorrido na infância ou em projetos de educação de jovens e adultos. Entre outros aspectos, o texto propõe a ideia de que a má qualidade da educação no país não se deve a um setor exclusivamente (seja ele governo, professores, família ou alunos) e que, portanto, a reversão dessa situação deve se dar por um trabalho cooperativo entre essas instâncias, incluída aí a universidade.

Biografia do Autor

Graziela Giusti Pachane, UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Doutora em Educação pela Unicamp. Professora adjunta da UFTM.
Publicado
2010-08-02
Como Citar
PachaneG. G. (2010). DEZ NOTAS SOBRE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO - Doi: http://dx.doi.org/10.5212/OlharProfr.v.12i2.379388. Olhar De Professor, 12(2), 379-388. Recuperado de https://www.revistas2.uepg.br/index.php/olhardeprofessor/article/view/1516
Seção
Artigos