Inclusão da criança com deficiência no ensino regular: olhar das famílias sobre a inclusão na escola

  • Circe Mara Marques Universidade alto Vale do Rio do Peixe Universidade comunitária da Região de Chapecó
  • Lurdes Caron Universidade do Planalto Catarinense - UNIPLAC/SC
  • Adriane Alves da Cruz Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP/SC
Palavras-chave: Família, Inclusão, Ensino Regular, Family, Inclusion, Regular Education, Familia, Inclusión, Enseñanza Regular

Resumo

Este artigo apresenta o olhar das famílias de crianças com deficiência sobre seu próprio filho e sobre o processo de inclusão no ensino regular. Participaram do estudo cinco representantes de famílias de crianças com deficiência, matriculadas nos anos iniciais de escolas públicas de uma cidade do Centro-Oeste catarinense. Os dados foram produzidos a partir de entrevistas e visitas domiciliares. Os resultados mostraram que as famílias têm expectativas positivas com relação a seus filhos e consideram que as escolas vêm atendendo satisfatoriamente às demandas do processo de inclusão. Contudo, apontaram a formação de professores, o rodízio de profissionais e o tempo de Atendimento Educacional Especializado como aspectos a serem melhorados. Palavras-chave: Família. Inclusão. Ensino Regular. Abstract Inclusion of children with disability in regular education: families’ view of school inclusion This paper presents the families’ view of children with disabilities about their own child and about the inclusion process in regular education. Five representatives of families of children with disabilities, enrolled in the early grades of public schools in a city in the Midwest of Santa Catarina, Brazil, participated in the study. The data were produced from interviews and home visits. The results showed that the families have positive expectations regarding their children and consider that the schools have satisfactorily met the demands of the inclusion process. However, they pointed out the formation of teachers, the rotation of professionals and the time of Specialized Educational Assistance as aspects to be improved. Keywords: Family. Inclusion. Regular Education. Resumen Inclusión del niño con discapacidad en la enseñanza regular: visión de las familias sobre la inclusión en la escuela El artículo presenta la mirada de las familias de niños con discapacidad sobre su propio hijo y sobre el proceso de inclusión en la enseñanza regular. Participaron cinco representantes de familias de niños con discapacidad, matriculadas en los años iniciales de escuelas públicas de una ciudad del Centro-Oeste catarinense. Los datos fueron producidos a partir de entrevistas y visitas domiciliarias. Los resultados mostraron que las familias tienen expectativas positivas con respecto a sus hijos y consideran que las escuelas vienen atendiendo satisfactoriamente a las demandas del proceso de inclusión. Sin embargo, apuntaron la formación de profesores, el cambio de profesionales y el tiempo de Atención Educativa Especializada como aspectos a ser mejorados. Palabras clave: Familia. Inclusión. Enseñanza Regular.

Biografia do Autor

Circe Mara Marques, Universidade alto Vale do Rio do Peixe Universidade comunitária da Região de Chapecó
Pós-doutora (2018) pelo Instituto de Educação/Universidade do MINHO; Pós-doutora em Educação pela UFRGS (2015). Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS/2013), Mestre em Teologia pela Escola Superior de Teologia(EST/2005), Especialista em Ensino Religioso pela Escola Superior de Teologia (EST/2000), Especialisat em Educação Infantil e Ano Iniciais (Cândido Mendes, 2017); Especialista em Psicopedagogia Clínica pelo Centro Universitário La Salle (Unilasalle/Canoas, 1996) e graduada em Pedagogia pela Pontifícia de Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) Atuou como professora de educação infantil na rede pública e privada (1984 a 2003). Atuou como professora e coordenadora de práticas em Educação Infantil no Instituto de Educação Ivoti ( 2001 a 2009); Atuou como professora no curso de Pedagogia do Instituto Superior de Educação Ivoti (2005 a 2011), no curso de Pedagogia do Unilasalle (2004-2014) e no curso de Pedagogia do Complexo de Ensino Superior de Cachoeirinha (2012 -2016). Atualmente é professora no curso de Mestrado Profissioal da UNIARP/SC. Membro do GEIN – Grupo de estudos em Educação Infantil e da Linha de Pesquisa do PPGEDU/UFRGS - Estudos sobre infâncias. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Infantil, atuando principalmente nos seguintes temas: educação infantil, infância, planejamento/projetos pedagógicos, brincar, espaço,
Lurdes Caron, Universidade do Planalto Catarinense - UNIPLAC/SC
Doutora
Adriane Alves da Cruz, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP/SC
Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras do Vale do Itajaí (1975), mestrado em Teologia Prática - Educação Cristã pela Escola Superior de Teologia Instituto Ecumênico de Pós Graduação (1995) e Doutorado em Educação: Currículo - pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007), Pós-Doutoral em Educação e Religião pela PUCPR em 2016. É associada do Fórum Nacional Permanente do Ensino Religioso - FONAPER. Faz parte do Grupo de Assessoria e Pesquisa, do Setor de Ensino Religioso, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB - (GRAPER/CNBB). Associada e participante da Associação Catarinense de Professores de Santa Catarina. Docente Pesquisadora do Mestrado Acadêmico em Educação - da Universidade do Planalto Catarinense, é professora titular e, professora na graduação da Universidade do Planalto Catarinense. Faz parte da Comissão Institucional de Acessibilidade - CIA da UNIPLAC. Tem experiência na área de educação e gestão, com ênfase em Ciências Humanas, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, ensino religioso, metodologia e história do ensino religioso, educação especial, currículo, legislação, gestão, pesquisa e prática pedagógica e metodologia de pesquisa. Participante do Grupo de Pesquisa: Linha de Pesquisa Educação, Cultura e Políticas Públicas. Linha 1 - Políticas e Processos Formativos em Educação. Do Grupo de Pesquisa História Sociedade e Educação da Serra Catarinense HTSTDBR. Coordenadora do Grupo de Pesquisa "FORMAÇÃO DE PROFESSORES: POLÍTICAS CURRICULARES E PRÁTICAS INCLUSIVAS PARA A CULTURA DA PAZ NA EDUCAÇÃO ? FORPAZ. Autora de vários livros sobre Formação de Professores de Ensino Religioso e Educação Especial..
Publicado
2019-09-26