Representações sociais da leitura: núcleo central e periferia dessas representações entre professores

  • Elsa Maria M. Pessoa Pullin UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA- UEL
  • Leila Cleuri Pryjma Autarquia Municipal de Educação, de Apucarana

Resumo

Este artigo objetiva caracterizar a estrutura das representações sociais de leitura de professores que atuam no Ensino Fundamental da rede municipal de uma cidade do interior do Paraná. Um teste de associação livre de palavras foi utilizado para o levantamento dos dados. Das 322 palavras diferentes registradas, processadas pelo software EVOC, os elementos “conhecer”, “informar” e “essencial” parecem ser os constituintes do provável núcleo. Para esse grupo de professores, a leitura é essencial e necessária para a apropriação de conhecimentos. Implicações desses sentidos acerca da leitura e sugestões são apresentadas no decorrer do texto.   Palavras-chave: Leitura. Representações Sociais. Professores.

Biografia do Autor

Elsa Maria M. Pessoa Pullin, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA- UEL
Pedagoga, com Mestrado e Doutorado em Psicologia pela USP. Docente do Departamento de Educação da Universidade Estadual de Londrina. Atua no curso de Pedagogia e no Programa de Mestrado em Educação.
Leila Cleuri Pryjma, Autarquia Municipal de Educação, de Apucarana
Graduada em Letras, com especialização em Gestão Escolar e em Psicopedagogia. Mestranda em Educação, na Universidade Estadual de Londrina. Acessora pedagógica da rede de ensino municipal de Apucarana
Publicado
2011-12-07
Seção
Artigos