PIBID na constituição da docência do professor de Língua Portuguesa: experiências no chão da escola

  • Fabrício Oliveira da Silva UNEB - Universidade do Estado da Bahia
  • Jane Adriana Vasconcelos Pacheco Rios UNEB - Universidade do Estado da Bahia
  • André Luiz Gaspari Madureira UNEB - Universidade do Estado da Bahia

Resumo

Este artigo discute a formação inicial de professores de língua portuguesa através das experiências adquiridas no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID. O objetivo é compreender os sentidos da formação do professor de português nas diferentes temporalidades formativas construídas ao longo da atuação no PIBID. Analisa-se como o PIBID oportuniza uma formação centrada nas práticas educativas do cotidiano escolar. O trabalho é o resultado de uma pesquisa-formação desenvolvida com estudantes do Curso de Letras da Universidade do Estado da Bahia – UNEB. A fundamentação teórico-metodológica baseou-se na abordagem (auto)biográfica, entendendo a formação como um processo de construção de conhecimento ao longo da vida, pois quem narra estabelece relações temporais durante o seu percurso formativo.   Palavras-chave: PIBID. Temporalidades. Formação Docente.

Biografia do Autor

Fabrício Oliveira da Silva, UNEB - Universidade do Estado da Bahia
Doutorando em Educação pelo PPGEDUC - UNEB - Universidade do Estado da Bahia. Mestre em Filologia e Língua Portuguesa pela USP - Universidade de São Paulo. Professor Asistente da UNEB no DCHT Campus XVI
Jane Adriana Vasconcelos Pacheco Rios, UNEB - Universidade do Estado da Bahia
Pós Doutora em Educação pela FEUSP, Doutora em Educação pela FACED - UFBA. Prpfessora Titular do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade da UNEB.
André Luiz Gaspari Madureira, UNEB - Universidade do Estado da Bahia
Dourot em Letras e Linguística pela UFBA - Universidade Federal da Bahia. Professor Adjunto do DCH II -Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia
Publicado
2017-04-08