O papel das affordances na aquisição da Libras como segunda língua

  • Jéssica Puhl Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG
  • Elaine Ferreira do Vale Borges Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

Resumo

A Libras é uma língua viso-espacial utilizada pela comunidade surda brasileira. Seguindo os princípios da espacialidade e da visão, o usuário da língua de sinais recorre com mais facilidade aos estímulos do meio do que o usuário da língua oral-auditiva. Assim, parte-se da hipótese de que as affordances (propriedades do ambiente que viabilizam ações psicologicamente possíveis) seriam um elemento facilitador no processo de aquisição da Libras. Utilizando-se da pesquisa narrativa e interpretativista de natureza qualitativa, discute-se o papel das affordances no ciclo de percepção, interpretação e ação de uma ouvinte na aquisição de Libras como segunda língua. Resultados apontam que os sinais icônicos podem ser considerados importantes affordances nos estágios iniciais da aquisição. Constata-se, ainda, a importância da permanência no nicho em que naturalmente se usa a Libras para a evolução nesse processo.   Palavras-chave: Affordances. Aquisição de segunda língua. Língua brasileira de sinais.

Biografia do Autor

Jéssica Puhl, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG
Graduanda em licenciautra em letras (inglês/português) na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Libras (Língua Brasileira de Sinais).
Elaine Ferreira do Vale Borges, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG
Bacharel e Licenciada em Letras/UNESP, Mestre em Linguística Aplicada/UNICAMP e Doutora em Educação/USP. Fez estágio doutoral na Universidade de Murcia (Espanha) e residência pós-doutoral na UFMG. Atualmente, é Professora Adjunta do Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), onde atua, também, como Coordenadora do "Inglês Sem Fronteiras". Seus interesses de pesquisa são na área de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras e de formação de professores na perspectiva da teoria da complexidade/caos.
Publicado
2017-03-21
Seção
Artigos