A (des)valorização profissional docente: implicações da oferta e demanda de pedagogos no Paraná (2009-2013)

  • Marta Rosani Taras Vaz Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Gisele Masson Universidade Estadual de Ponta Grossa

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a relação entre a oferta e a demanda de pedagogos no estado do Paraná (2009-2013), problematizando a relação entre trabalho e formação no capitalismo, bem como o processo de (des)valorização dos profissionais da Pedagogia. A análise realizada se fundamentou nos pressupostos teórico-metodológicos do materialismo histórico-dialético, perpassando pela concepção ontológica do trabalho e adentrando na sua dimensão histórica capitalista. A pesquisa se constituiu a partir de dados estatísticos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), informações disponibilizadas pela Secretaria Estadual de Educação do Paraná (SEED-PR) e dados disponibilizados por 37 Instituições de Ensino Superior (IES) do estado do Paraná. Os resultados revelam que há uma oferta maior de pedagogos em relação ao crescimento da demanda de tais profissionais no mercado de trabalho, ocasionando uma população excedente de professores. A conclusão é de que esta condição contribui para a desvalorização do valor de sua força de trabalho.   Palavras-chave: Oferta e Demanda de profissionais. Pedagogos. Desvalorização da força de trabalho.
Publicado
2017-04-08