Foco e Escopo

A Revista de Engenharia e Tecnologia, de responsabilidade da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ponta Grossa, é eletrônica com foco em pesquisa e desenvolvimento em Engenharia e Tecnologia. A revista aceita e publica artigos em português. A política e a seleção de artigos são determinadas pelo conselho editorial da revista e por orientações específicas dos avaliadores. A periodicidade é quadrimestral e é um veículo de divulgação de trabalhos selecionados em eventos, através de edições especiais, e através de avaliação pelos pares. A abrangência é nacional e internacional, envolvendo membros do conselho editorial de várias instituições no país e no exterior.

Processo de Avaliação pelos Pares


Os originais serão submetidos à apreciação prévia do Comitê Editorial, que encaminhará aos avaliadores (no mínimo 03), para aqueles considerados adequados aos critérios editoriais da revista. Os avaliadores recomendarão a sua aceitação, recusa ou poderão sugerir reformulações. Neste caso, o artigo reformulado retornará aos avaliadores para parecer final.

Os avaliadores serão selecionados com base em suas áreas específicas de conhecimento, em consonância com as temáticas tratadas nos artigos. Com o sistema duplo-cego (blind review), os nomes dos avaliadores permanecerão em sigilo, omitindo-se também perante estes os nomes dos autores.

A política editorial da revista define as seguintes categorias para avaliação dos textos: conteúdo, forma, originalidade, relevância e atualidade.

O tempo médio para a emissão de pareceres pelos avaliadores será de 60 dias, a contar da data de recebimento e aceitação da avaliação do texto, podendo ser prorrogado para mais 30 dias, em casos excepcionais.

O tempo médio entre a submissão e a emissão do resultado final pelo Comitê Editorial será de 03 (três) meses, podendo ser estendido em casos de solicitação de reformulação.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.